ANÁLISE DE LONGO PRAZO E OBTENÇÃO DO ANO METEOROLÓGICO TÍPICO PARA A USINA FOTOVOLTICA FLUTUANTE DE SOBRADINHO

Autores/as

  • Diego Miranda
  • Janis Bezerra Galdino Universidade Federal de Pernambuco
  • Leonardo Petribú
  • Olga Vilela
  • Tarcísio Bacelar
  • Elielza Moura de S. Barbosa

Palabras clave:

Usina Fotovoltaica Flutuante, Ano meteorológico típico, Software PVsyst

Resumen

Para avaliar a geração de energia de centrais fotovoltaicas, é necessário analisar as variáveis ambientais associadas ao recurso solar na região de interesse durante vários anos. Neste trabalho, medições realizadas no Lago de Sobradinho de irradiância global inclinada, temperatura ambiente e velocidade do vento são utilizadas para corrigir séries de longo prazo dessas variáveis disponibilizadas por bases de dados históricas. Após obter as séries de longo prazo adaptadas ao local, um passo a passo é descrito e exemplificado para obtenção do ano meteorológico típico para a região de interesse. Em seguida, o ano meteorológico típico obtido é usado como entrada no software PVsyst previamente parametrizado de acordo com as características da Usina Fotovoltaica Flutuante (UFF) de Sobradinho para avaliar a geração de energia típica da usina. Os resultados mostram que a geração típica de energia da UFF – Sobradinho no ano inicial do projeto deve ser, em média, de 1797 MWh/ano.

Descargas

Publicado

2021-11-06

Número

Sección

T7 - Radiación solar y clima